VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Campanha publicitária da Brahma é ofensiva


 E segue no ar a campanha publicitária da cerveja Brahma apoiando a Copa do Mundo de 2014, como uma das patrocinadoras a cerveja deve proteger seu investimento investindo em um clima de empolgação.

O primeiro comercial desta campanha desmerecia os problemas sociais do cidadão brasileiros chamando aqueles que reclamam do trânsito ou dos aeroportos de “pessimista”. Quem já pegou o metrô em seu horário de pico entendo o que eu estou falando, é comum ouvir comentários do tipo “se está assim imagina na Copa”. Pois bem a campanha da Brahma propõe que esqueçamos o aperto do dia-a-dia e saiamos todos na avenida comemorando.

Amigo leitor, você pega metrô todos os dias? Acha a infraestrutura ruim? E o trânsito? Você está satisfeito com os engarrafamentos? Você já viajou de avião? Ficou esperando no aeroporto? Não se se preocupe vamos sediar a Copa de 2014!

O ônibus é desconfortável? É caro? A tarifa vai aumentar este ano? Você atravessa a cidade para trabalhar ou para estudar? Nossos aeroportos estão desatualizados? O Brasil tem problemas de moradia? De fome, Desigualdade social? Segundo a Brahma o problema é você, um “pessimista” que não fica feliz em ser tratado como um lixo todos os dias e não ver perspectivas de melhoras.

Muito bem meus amigos calem suas bocas e abram uma Brahma e saia cantando pois vamos sediar a próxima do mundo, se uma criança passa fome diga a ela que vamos sediar a Copa e é justo o dinheiro que seria usado em sua educação ir para construção de estádios, muitos que nunca mais serão usados. Quem precisa de conforto? Educação? Igualdade social? Ser tratado como um ser humano? Vamos sediar a próxima copa do mundo.

Abra uma Brahma!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Anitta Fernandez

Anitta é um monumento loiro, natural de Uberlândia MG ela conquistou o mundo após posar duas vezes para a revista “Area VIP”. Amante de comida italiana, principalmente massas e caipirinha de Kiwi, tem como hobbies fotografar e viajar. Seu sonho é ser bem sucedida em sua carreira de modelo.
 O que ela olha primeiro em um homem é sua postura e seus modos; a parte que ela prefere nos homens sãos as mãos. Ao ser perguntada qual a parte de seu corpo que os homens preferem ela é direta “Aqui no Brasil, meu bumbum... sem dúvidas”.
O melhor lugar para fazer amor é debaixo do chuveiro “é uma delícia”; o lugar mais exótico em que transou foi: “Por incrível que pareça, em uma pista de dança, no meio da galera sem que ninguém percebesse...”.
No sexo vale tudo? “O que não vale para você? Transar sem camisinha!!!!!!! Nem pensar!”; Posição, qual a melhor? Cruzadinha”.
Altura 168 cm
Busto 86 cm
Cintura 68 cm
Quadril 85 cm
 
 

























 
 





 


segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Lula ganha prêmio algema de ouro


O algema de ouro é um protesto contra a corrupção em forma de uma falsa premiação, onde uma figura da política é agraciada com o título de maior corrupto do ano.

Domingo passado, 20/01 Lula recebeu o troféu simbólico de maior corrupto de 2012 pelo movimento 31 de Julho. A premiação foi feita via facebook e mobilizou 14 mil pessoas.

Lula foi acusado por Marcos Valério de envolver-se no mensalão e usar o nosso dinheiro (ou o “dinheiro do pobre” como Lula gosta de falar) para pagar contas pessoais. Lula foi o mais votado, seguido pelo ex-senador Demóstenes Torres (Ex-DEM) e pelo governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB).

Esta honraria ainda é muito pouco para compensar por todo o mal que Lula fez que vai desde a corrupção até o assistencialismo, por ter colocado uma coleira no eleitorado mais pobre e ter manipulado seus sonhos e ideais. Mas é um começo, eu vejo uma luz no fim do túnel. Pode ser que Lula nunca seja punido, mas ele terá dificuldades em sair em público sem ser vaiado, assim como Zé Dirceu e José Genoino.

domingo, 20 de janeiro de 2013

Entrevista com Richard Dawkins

Richard Dawkins é um cientista evolucionista, ele iniciou sua carreira com o livro “O Gene Egoísta”, após diversos livros sobre a evolução, de despertar a fúria de criacionistas (pessoas que acreditam que nós viemos de Adão e Eva) e de receber várias cartas e e-mails de pessoas que deixaram de acreditar em deus por causa de seus argumentos científicos Dawkins escreveu “Deus, Um Delírio” livro destinado a converter pessoas ao teismo.
Considerado um dos livros mais polêmicos da história Dawkins partiu do princípio que muitas pessoas que dizem acreditar em deus não acreditam realmente e abrçam a religião por nunca terem tido a oportunidade de pensar diferente.
Dawkins ataca dogmas religiosos como a proibição de perguntas sobre a “obra de deus”, o ensino do criacionismo em escolas públicas, o uso da ameaça para converter e manter fieis, a violência em nome de deus e claro o preconceito que os ateus sofrem.
Para conhecer um pouco mais de Dawkins segue um trecho de sua entrevista para a revista playboy:


Há alguma palavra que descreva melhor o descrente do que ateu? Darwin preferia o termo agnóstico. Alguns sugerem humanista, naturalista, descrente...

Darwin escolheu agnóstico por razões táticas. Ele disse que o homem comum não estava preparado para o ateísmo. Há uma bela história que a comediante Julia Sweeney conta sobre sua própria jornada de devota ao catolicismo para o ateísmo. Quando ela finalmente decidiu que era ateia, mencionaram tal fato num jornal. Sua mãe lhe passou um telefonema histérico e disse algo como “Eu não me importo se você não acreditar em Deus, mas ateia?” (Risos) O termo “iluminado” foi sugerido por um casal da Califórnia. Eu acho que é um ótimo termo, apesar de a maioria dos meus amigos ateus acharem que o isso sugere que religiosos não sejam tão brilhantes. Eu digo pra eles: “E qual o problema nisso?” (Risos).

Você se descreve como um agnóstico “fada do dente”. O que isso significa?

Um amigo meu prefere usar esse termo do que dizer ser ateu, querendo demonstrar que não se pode comprovar a não-existência de Deus, apesar de ele ser algo como a “fada do dente”.
Então você não nega completamente a possibilidade de um ser supremo. Críticos veem isso como uma brecha.

Você pode pensar o mesmo se achar que há, também, uma brecha para comprovar a existência da fada do dente.
Parece-me um argumento de Bertrand Russell, que disse que enquanto podia afirmar que um bule orbitava pelo sol, entre a Terra e Marte, ele jamais esperaria que alguém acreditasse nele só por não poderem provar tal fato.

É a mesma ideia. É um pouco injusto dizer que é como a fada do dente. Eu acho que a ideia de um deus em particular, como Zeus ou Jeová, é tão improvável quanto a da fada, mas a probabilidade da existência de alguma inteligência criativa não é tão ridícula.

Então você não partilha da filosofia de Pascal. Ele era um filósofo do século 17 que dizia ser mais interessante acreditar em Deus, pois se não acreditar e estiver errado...
O preço da falha é bem alto. Mas e se você escolhesse o deus errado para louvar? E se você chegasse lá e em vez de Jeová encontrasse Baal? (Risos) E mesmo se escolhesse o deus certo, por que ele tem essa obsessão por adoração? E mais, qualquer deus minimamente decente perceberá qualquer traço de fingimento. As chances de existir algo assim são baixas, mas não importa, pois as recompensas são bem altas. Ao crer, você também pode estar desperdiçando sua vida. Você vai para a igreja todo domingo, paga promessa, se veste mal. Você tem uma vida horrorosa, e quando morre fica por isso aí.

Albert Einstein e Stephen Hawking referenciam Deus em seus escritos. Eles usam tal palavra no sentido de um criador inteligente?
Certamente que não. Eles usam a palavra deus num sentido poético, metafórico. Einstein particularmente amava usar a palavra para conciliar a ideia de mistério, o que acho que cientistas decentes fazem. Mas hoje em dia nós aprendemos que é melhor usar outras palavras para não haver mal-entendidos, como foi no caso de Einstein. E o pobre coitado foi bem claro. “Eu não acredito em um deus pessoal”, repetiu ele várias e várias vezes. De algum modo, ele causou a própria confusão. Hawking a usa de um modo similar em “Uma Breve História do Tempo”. Na famosa última frase de seu trabalho ele diz que se entendêssemos o universo, “então saberíamos como funciona a mente de Deus”. Mais uma vez, ele está usando o deus Einsteniano, não no sentido religioso. Então, em “O Grande Projeto”, quando Hawking diz que o universo poderia ter se originado do nada, ele não está dando as costas para Deus; suas crenças ainda são as mesmas.

Você se diverte bastante desconstruindo a ideia de um criador inteligente. Você afirma que Deus fez o leopardo rápido suficiente para pegar uma gazela e a gazela rápida o suficiente para fugir do leopardo...
Sim. Deus é sádico?

...além do péssimo projeto de nos fazer comer e respirar através do mesmo mecanismo, tornando fácil engasgar e morrer.

Ou o nervo laríngeo, que passa por uma artéria no peito e então retorna à laringe.
Não é muito eficiente.

Nem numa girafa o seria.

Os ataques do Onze de Setembro pareceram fazer você ainda mais militante no que tange seu ateísmo, como se a sua paciência houvesse finalmente estourado.

Teve um pouco disso. Muitas pessoas no mundo sentiram que deviam se erguer contra a ameaça e fazerem parte da luta. Qualquer sugestão de anti-americanismo em minha mente desapareceu. Ich bin ein Amerikaner (Nota do Tradutor: “Eu sou um americano”, em alemão). Então, George W. Bush destruiu isso. Foi um momento anti-islâmico e também antirreligioso para mim, pois eu estava nauseado quando a resposta de “Allahu Akbar” foi “Deus é conosco” ou qualquer outro ditado cristão – soou como se os líderes católicos americanos se unissem para apoiar a força que foi a origem da crise.

O que vai acontecer quando você morrer?

Bem, devo ser enterrado ou cremado.

Engraçadinho. Mas sem a parte da vida após a morte, como você se conforta na hora do desespero?

Com amor e compaixão humanos. Mas quando reflito mais, em momentos em que me concentro – conforto não é bem a palavra certa, mas eu consigo forças quando reflito no privilégio que é estar vivo e no privilégio que é ter um cérebro capaz de entender, limitadamente, o motivo da minha existência, a beleza deste mundo e a beleza do processo evolutivo. A magnificência do universo e a sensação de fragilidade que o espaço e este tempo profundamente geológico dão nos atordoa, mas de um jeito estranhamente reconfortante. É bom saber que você é parte de um cenário tão grande.


Sua convocação para o militantismo ateu é um dos motivos pelo qual você aparece como um personagem em South Park. Os criadores do desenho, Trey Parker e Matt Stone, foram acusados de serem ateus, então pensaram quem seria o maior militante ateu possível.
É o único episódio de South Park que já vi. Houve a tentativa de fazer algo satirizando a ideia de um futuro utópico, onde diferentes seitas ateístas lutam umas com as outras. Mas as minhas funções durante o episódio eram ridículas na maior parte do tempo, como a sodomização de um travesti careca...

Transexual, na verdade.

Transexual, que seja. Isso não é sátira por que não tem nada a ver com aquilo que sou. E a parte escatológica, onde tinha alguém atirando cocô, que acertava minha nuca – isso nem foi engraçado. Eu não entendo por que eles não puderam ir direto pra parte da luta entre grupos de ateus, algo que possui um pouco de verdadeiro. Isso me lembra um pouco a Frente Popular da Judeia e a Frente dos Povos da Judeia, no “A Vida de Brian” do Monty Python.

O presidente Obama mencionou os “descrentes” no seu discurso inaugural, causando espanto. Mas quando você pensa em crenças religiosas, um dos maiores grupos nos Estados Unidos é o de ateístas e agnósticos. Por que vocês são ignorados durante discussões políticas?
Eis uma boa afirmação. Claro, ela depende de como você faz as divisões. Cristãos são, de longe, o maior grupo. Se você dividir os cristãos em suas denominações, agnósticos e ateístas são o terceiro maior grupo, atrás dos católicos e batistas. Isso é interessante ao analisarmos pelo lado da falta de influência dos descrentes. Se contarmos o número de judeus, certamente observadores, obteremos um grupo ainda menor que o dos descrentes. Ainda assim, judeus possuem tremenda influência. Não crítico isso – palmas para eles. Mas poderíamos fazer o mesmo.

Você não espera paz entre Israel e a Palestina.
Não há muita esperança quando os protagonistas mais influentes fundamentam sua hostilidade em livros de dois mil anos de idade dos quais eles acreditam que lhes dá direito a terras.


O que você pensa de Jesus?

As evidências de sua existência são surpreendentemente precárias. Os primeiros livros do Novo Testamento foram as Epístolas, e não os Evangelhos. É quase como se São Paulo e os outros que escreveram as Epístolas não estivessem interessados na existência de Jesus. Mesmo se ele for ficcional, quem escreveu sua história estava muito à frente do tempo em relação à filosofia moral.

Você comentou que se Jesus existiu e caminhou para a morte como a Bíblia descreve, então tivemos um ato ‘puramente insano’, como descrito por você.
Não há evidência de que o próprio Jesus tenha sido puramente insano, mas a doutrina inventada posterior à morte dele por nossos pecados certamente o é. É puramente perturbador pensar que o criador do universo – capaz de inventar as leis da física e o processo evolutivo –, este possuidor de intelecto sobrenatural, não conseguiu pensar em um meio melhor de perdoar nossos pecados do que se torturar até a morte. E que terrível lição dizer que nós nascemos no pecado por causa do pecado original de Adão, um homem que até a Igreja Católica afirma não existir.
Mas você deve escutar bastante que se ateus possuíssem o controle acabariam sendo como Hitler e Stálin.

Hitler não era ateu, ele era católico romano. Mas eu não ligo para o que ele era. Não há conexão lógica entre ateísmo e o acontecimento de coisas ruins, nem de coisas boas, aliás. O ateísmo é apenas uma crença filosófica sobre a falta de uma inteligência criativa no mundo. Qualquer um que pense que você precisa de uma religião para ser bom está sendo bom por um motivo errado. Eu prefiro ser bom por razões morais. A moralidade surgiu antes da religião, e a moral muda independentemente da religiosidade. Até pessoas que confiam na Bíblia usam critérios morais não-bíblicos. Se seus critérios são escriturais, então você não tem motivo para escolher o versículo que diz para virar a outra face e não o que diz para apedrejar pessoas até a morte. Então você encontra sua moral sem a necessidade da Bíblia.
Seus pais lhe criaram na Igreja Anglicana.
Eu não desejaria o mal a meus pais ao dizer que me criaram religiosamente. Fui enviado às melhores escolas, e a maioria delas, na época, eram anglicanas. Eu tinha orações diárias e leituras da Bíblia. Uma me aceitou aos treze anos.


Quando você teve seu primeiro contato com a Origem das Espécies?

Dois anos depois.


E fez sua cabeça.

Sim. Uma ideia simplicíssima que explica as complexidades da cauda do pavão, do saltitar do antílope, da aceleração da pantera, do voar do beija-flor, do pensar do humano. São maquinários extremamente complicados, e ainda assim entendemos o porquê deles existirem.

O assessor da Playboy recebeu esta questão de um leitor: “Sinto-me inconformado quando uma pessoa que acabo de conhecer me pergunta se vou a igreja, pois não vou. Existe algum modo educado para responder?”.

Eu diria, “Não, eu não vou à igreja. Você vai? Se sim, por quê?”.

Todos os ateus que conhecemos na convenção de céticos em Las Vegas pareciam ter uma história sobre terem sido expulsos da catequese.

Sim, e isso é muito engraçado. O que um professor de catequese deveria dizer é “Vamos olhar as evidências”. Em vez disso, deixam as coisas de lado. E o motivo pelo qual eles não convencem é a falta de evidência.

Eles não convencem você também. Você pede que religiosos mudem a própria visão de mundo.

Eu quero que as pessoas mudem o modo que veem o mundo a ponto de exigirem evidências para acreditarem em algo. Não é bom acreditar em algo só por “todos acreditarem desde sempre”. Se você nascesse no Afeganistão ou na Índia, você acreditaria em qualquer outra coisa. Outro motivo gritante é que há diferença entre sentir que algo é verdadeiro e o pastor dizer que é verdadeiro.



Em 2010, numa convenção em Londres, você protestou contra a visita do Papa Bento XVI ao país.

Esperávamos que 2.000 pessoas aparecessem, e 15.000 vieram.

Você pensa, assim como Cristopher Hitchens pensou, que o Papa deveria ser preso?

Hitchens me escreveu sugerindo que deveríamos tentar prendê-lo, mas desistimos da ideia de aparecer do nada e literalmente algemar um cidadão ou coisa parecida. Em vez disso, pedimos a um conhecido advogado de direitos humanos, Geoffrey Robertson, para falar sobre o caso jurídico contra o Papa por ele encobrir casos de pedofilia. Ele também analisou a imunidade do Papa contra processos por ele ser líder de um Estado, deixando em aberta a questão da noção do Vaticano como um legítimo Estado soberano. Também respondi ao Papa por sua truculência desnecessária durante seu pouso em Edimburgo. A primeira coisa que ele disse foi culpar o ateísmo por ter criado Hitler. Apesar de não culpar o Papa por ele ter sido um membro da Juventude Hitlerista, como foi o caso, eu me senti bastante injuriado. Se fosse ele, eu deixaria de mencionar Hitler.

Simbolo Ateu Moderno
Você se impressionou com algumas das placas vistas na convenção.

Duas das minhas favoritas foram “Mantenha seu rosário longe do meu ovário” e “tire as mãos dos meus ovos, Bento”. (Risos).

O papa pediu perdão pelos abusos sexuais praticados contra crianças na Igreja Católica. Isso é o suficiente?

Oh, grande coisa! Ele não entregou nenhum registro relevante à polícia. Ele pediu perdão relutantemente após ser pressionado a fazê-lo.

Você discursou em Dublin e disse, na ocasião, que o abuso sexual é menos danoso para uma criança do que o dano psicológico de torná-la católica. Quais foram as reações?

Fui ovacionado. Quero deixar claro de que não falava sobre qualquer espécie de violência sexual que descobrimos ser mais constantes que imaginávamos. Eu falava de carícias leves, o que por si só já é bastante ruim, mas fazer uma criança acreditar nas chamas do inferno é ainda pior.
Você é contra o aborto?

Pessoas que alegam lutar contra o aborto em prol da vida na verdade lutam em prol da vida humana. Um embrião de quatro células ou um de sessenta e quatro, ou até um muito maior que isso não possui sistema nervoso. Você deve ter menos pena em matar uma criatura dessas do que matar uma minhoca, pois a minhoca tem um sistema nervoso e pode sofrer. Então ser contra o aborto de embriões humanos extremamente jovens é ridículo. Ser contra a morte de embriões mais velhos já não é tanto assim. Não há motivo para pensar que a capacidade deles de sofrer é maior do que a capacidade de sofrimento de um porco adulto ou de uma vaca.

Vamos falar sobre evolução, que muitas pessoas não compreendem direito, alegando, por exemplo, que acreditamos descender dos macacos.

Nós somos primatas. Nós descendemos dos mesmos animais extintos que seriam classificados como primatas. Nós não descendemos dos modernos chimpanzés, bonobos ou gorilas. Eles evoluíram no mesmo ritmo que nós.

Então, o que nos faz humanos?

Somos uma espécie única de primata. Temos uma língua. Outros animais têm sistemas de comunicação que não chegam nem perto do nosso. Eles não têm a habilidade de comunicar condições complicadas, suposições e ações que não sejam no presente. Tudo isso é uma manifestação única de nosso cérebro símio desenvolvido, cujas evidências sugerem ter surgido após um número de mutações bastante limitado.

Você acusa os criacionistas de jogarem sujo.

Certamente o fazem.

É por esse motivo que você e outros biólogos evolucionistas não debatem com eles?

Em partes. O debate também dá a eles uma respeitabilidade desmerecida. Um colega meu gosta de responder a eles: “Isso engrandeceria muito seu currículo, mas não o meu”.

Qual argumento preferido dos criacionistas contra você?

Bobagens ignorantes. Eles dizem coisas como “Bem, se nós descendemos dos macacos, então por que ainda existem macacos?”. Não é tão difícil assim.

Falam muito que a evolução é “apenas uma teoria”. Estou certo?

A palavra “teoria” pode ter sentido de “hipótese”. Mas a palavra também é usada em um sentido mais sério, como “corpo de conhecimento”. É melhor usar a palavra “fato”. A evolução é um fato, no mesmo sentido que a terra gira em torno do Sol.


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Lula será investigado no caso do mensalão


Já não era sem tempo, depois de tantos escândalos; de tantas denúncias; depois de Zé Dirceu e sua turma serem condenados e depois do “eu não sabia” não colar mais Lula será investigado pelo ministério público.

Quem vem acompanhando o mensalão já sabe como Lula saiu de inocente traído pelos “amigos” a mentor, quem não sabe segue um breve resumo: Antes do julgamento do mensalão a cúpula petista garantiu impunidade para marcos Valério, este aceitou o acordo. Após a condenação Valério se arrependeu, temendo ser assassinado o publicitário começou a falar. Leia o post completo aqui.
 O Ministério público optou pela investigação após as denúncias de Valério de que o mensalão também foi utilizado para pagar despesas pessoais do ex-presidente. Segundo reportagem do Jornal O Estado de São Paulo o procurador geral da república Roberto Gurgel declarou que Lula não tem mais direito ao foro privilegiado.


O leitor mais incrédulo pode estar se perguntando “mas do que adianta investigar se ninguém é punido?” nesta semana um Haker divulgou dados pessoais de Cachoeira e dos condenados no julgamento do mensalão. Identificado apenas como “nbdu1nder” o usuário postou em seu twitter dados pessoais como RG; nome dos pais; número do telefone fixo; endereço e e-mail ao lado da mensagem: “Vocês escolheram o caminho errado. Sói restam as consequências, seus imundos” o haker ainda clama por uma mobilização social “já está na hora de algum movimento. Está na hora de parar de reclamar e ir as ruas”.
Os métodos utilizado são questionáveis, porém não a mensagem. Se os mensaleiros não serão condenados como nós gostaríamos, eles têm que se sentir desconfortáveis, envergonhados ao cruzar com alguém pela rua, no elevador, sentirem-se constrangidos ao irem a um restaurante ou lugares públicos e olharem na cara de quem eles roubaram. O que parece pouco é um grande passo para um país onde a corrupção é normal.




sábado, 12 de janeiro de 2013

Las Mujeres Colombianas son lás mas deliciosas (as mulheres colombiana são as mais deliciosas)












Por muito tempo a América Latina foco de fetiche, visto como um lugar onde a impunidade reina (de onde será que os gringos tiraram esta ideia, né Lula?) e onde o sexo é fácil. Nos anos 80 foi produzido o filme “Snuff” que simulava um assassinato diante das câmeras, o filme nos era apresentado com a frase “Um filme que só poderia ter sido gravado na América Latina, onde a vida não vale nada”.

O Brasil vem mudando, sua imagem melhora gradativamente, mas o turismo sexual ainda é muito forte e a mulher brasileira continua sendo um fetiche, como vocês devem ter percebido eu não vim aqui falar sobre o Brasil, mas sim sobre a Colômbia. Aos olhos do primeiro mundo a Colômbia é um país dominado pela AS FARC, exportador de drogas e imerso na guerra civil, some a este “cenário perigoso” as belas mulheres colombianas e temos o cenário atual, aonde as modelos colombianas vêm conquistando o mercado que era das brasileiras.
Algumas modelos colombianas que posaram para o site “Linda Pop”, são todas muito lindas. Após esta apresentação você vai querer fazer suas malas e mudar para este paraíso de lindas mulheres:
Algunos modelos colombianas que se hicieron pasar por el sitio "Linda Pop" son todos muy hermosos. Después de esta presentación, usted tendrá que hacer las maletas y mudarse a este paraíso de las mujeres hermosas:



Isabel Rincón

Isabel se denomina “Rainha da Internet”, porém com sua beleza ela pode ser rainha do que quiser. Com apenas 22 anos vem dedicando-se integralmente a carreira de modelo (por que será?). Natural de Cali Isabél Rincon nos encanta com seu olhar e corpo maravilhoso.

Medidas:
Altura: 160 cm
Busto: 90 cm
Cintura: 60 cm
Quadril: 95 cm

   Isabel se llama "Queen of the Internet", pero con su reina de belleza que puede ser lo que quieras. Con sólo 22 años se ha dedicado por completo a la carrera de modelado (¿por qué es eso?). Nacido en Cali encantos Isabel Rincón nosotros con su cuerpo perfecto y mirar.

Medidas:

Altura: 160 cm
Busto: 90 cm
Cintura: 60 cm
Caderas: 95 cm



 



Paula Mariño

Paula é natural de Cali, tem 22 anos e divide seu tempo entre modelar e a universidade de comunicação social. Seu objetivo é ser uma modelo famosa, atributos para isto ela tem, seus hobbies são fazer compras (ela gasta uma fortuna em roupas e sapatos) e sexo, ela gosta de brinquedos sexuais, mas ainda não realizou seu sonho de fazer um trio na cama

Medidas:
Busto: 100 cm
Cintura: 65 cm
Quadril: 105 cm
 Paula Mariño

Paula es oriundo de Cali, tiene 22 años y divide su tiempo entre el modelaje y los medios universitarios. Su objetivo es ser una famosa modelo, atribuye a este que tiene, sus aficiones son ir de compras (que gasta una fortuna en ropa y zapatos) y el sexo, juguetes sexuales que le gusta, pero aún no realizó su sueño de hacer un trío en la cama

Medidas:
Pecho: 100 cm
Cintura: 65 cm
Caderas: 105 cm








 




Johanna Gonzáles
Johana se descreve no site “Lindapop” como uma mulher viciada em sexo, ela gosta de ser vista, de explorar seu corpo e claro é bisexual, dando preferência aos dois sexos ao mesmo tempo “uma das melhores experiências sexuais que eu já tive foi com uma mulher e um homem ao mesmo tempo”. Tamanho fogo se justifica em suas fotos
Medidas:
Busto: 92 cm
Cintura: 58 cm
Quadril: 90 cm
 
Johanna Gonzalez

Johana sitio se describe en "Lindapop" como una mujer adicta al sexo, le gusta ser visto, para explorar su cuerpo y claro es bisexual, prefiriendo a los dos sexos al mismo tiempo "una de las mejores experiencias sexuales que he tenido fue con una mujer y un hombre al mismo tiempo. "Tamaño del fuego se justifica en sus fotos

Medidas:
Busto: 92 cm
Cintura: 58 cm
Caderas: 90 cm



 

 



Adriana Cardona

Adriana é natural de Cali, tem 26 anos e é do signo de touro, além de modelo Adriana é esteticista e adora música eletrônica. A moça se descreve como espontânea e muito feliz com seu corpo e gosta de se relacionar com os homens de igual para igual seja no cotidiano seja na cama. Ela gosta de mostrar o corpo (percebemos pelas fotos) e fazer exercícios (percebemos por seu belo corpo)

Medidas
Busto: 90 cm
Cintura: 60 cm
Quadril: 90 cm

Adriana Cardona

Adriana es oriundo de Cali, tiene 26 años y es el signo del toro, y es una esteticista y modelo Adriana le encanta la música electrónica. La chica se describe como espontánea y muy feliz con su cuerpo y le gusta relacionarse con los hombres como iguales es el día a día está en la cama. A ella le gusta lucir el cuerpo (nótese las fotos) y ejercicio (notado por su hermoso cuerpo)

Medidas:
Busto: 90 cm
Cintura: 60 cm
Caderas: 90 cm










 

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

ALF O Eteimoso vai virar filme em 2013

 
 
 

A ordem é investir no saudosismo, Jordan Kerner, produtor de “os Smurfs” irá produzir o longa metragem baseado na série oitentista “ALF o Eteimoso” ao lado da Sonny Pictures. O filme deve resgatar o dublador original do alienígena Poul Fusco, porém os efeitos devem ser feitos em CGI. Uma pena não manterem o boneco. A produção deve ter início ainda neste ano.

Fusco está animado com o filme e vem contribuindo com ideias e sugestões, uma de suas principais fontes de animação refere-se à época em que vivemos: “ALF poderia ser mais articulado agora do que nunca, porque o mundo é totalmente diferente do que era nos anos 80. E acho que a personagem ainda se destaca e certamente tem mais a dizer do que nunca. Acho que poderíamos ter uma nova abordagem”.
Uma das ideias é repetir a dinâmica de ALF em uma família normal: “Não acho que copiaríamos o programa de TV, mas acho que talvez criássemos uma história onde explicássemos como ALF chegou aqui e o colocaríamos com uma nova família e deixaríamos a personagem falar por si” conclui Fusco.
Para quem não se lembra ALF é um alienígena do planeta Melmac, após uma explosão nuclear, provocada pelos próprios melmaquianos que ligaram seus secadores de cabelo ao mesmo tempo, Gordon Shumway (também conhecido como ALF) cai por acidente sobre a garagem dos Tanners, uma típica família americana.
ALF é a sigla para Alien Life Forms (forma de vida alienígena) nome pelo qual o alienígena foi batizado. ALF tm mais de 200 anos, porém age como uma criança, o seriado foi ao ar entre os anos 1986 e 1990 onde ALF destrói a casa dos Tanners, incendeia a cozinha, arrota durante as refeições, corta as unhas na mesa de jantar e tenta comer o gato da família.
Outro ponto interessante são as referências aos filmes de ficção científica, diversas vezes os Tanners comparam ALF ao ET de Spielberg; em um episódio onde a vizinha Rachel vê o ALF ela constrói uma réplica do alienígena com purê de batata e não consegue esquecer o que viu, igual ao filme “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”; assim como fatos científicos como os dois planetas extras que ALF afirma existir em nosso sistema solar: um deles é o objeto 2003 UB313, um corpo celeste gelado que orbita o sol após Plutão.

Lynn; Kate; Bryan e Willie
Os personagens de apoio do seriado eram Willie Tarnner, o pai da família e assistente social certinho e cheio de regras que vive em contraste com o alienígena bagunceiro; Kate a matriarca da família no início ela não gosta do alienígena e é contra sua permanência na casa, Kate muda de ideia por piedade e depois acaba sendo conquistada pelo alienígena; Lynn é a filha adolescente e beldade do seriado, na primeira temporada ALF se apaixona pela garota, os dois tornam-se grande amigos e ALF tem sentimentos paternos por ela; Brian Tanner é o filho mais novo e atração para as crianças, porém sua personagem é meio chatinha, ele participa das brincadeiras com ALF.
Temos ainda os vizinhos enxeridos os Ochmoneks, todo mundo conhece alguém assim: uma pessoa chata, que não tem senso de privacidade e nem educação. Os Ochmoneks vivem entrando na casa dos Tarnners forçando ALF a se esconder. Posteriormente o casal “adota” Jake, um sobrinho revoltado que torna-se um grande amigo de ALF.






sábado, 5 de janeiro de 2013

Hélika Rios

A mais bela das “Belas da Torcida”
Hélika é uma jovem modelo. Com apenas 19 aninhos ela vem ganhando espaço na mídia, seu sucesso começou em 2012, quando a moça disputou o “Belas da Torcida” pelo site Uol representando o “Goias”.
Natural de Goiás a moça vem conquistando fãs em todo o Brasil, o jeito ninfetinha, com o rosto angelical e o corpo perfeito fizeram com que a escolha pela carreira de modelo fosse uma escolha óbvia e acertada. Lógico que a beleza física não é a única qualidade da moça, seu sorriso simpático e o sotaque caipirinha a tornam irresistível.

Hélika gosta da proximidade com fãs via redes sociais, ela sempre acha um tempo para dar bom dia e boa noite no Twitter, onde posta suas fotos de trabalho. Hélika é muito simpática e uma moça sem frescura.

Sua presença como musa do Goiás não é apenas para trabalho, Hélika frequenta os jogos do time esmeralda, onde mantém contato com os torcedores: “Lugar de torcedor é no estádio, apoiando seu time e mostrando seu amor!”.

A campanha funcionou Hoje Hélika faz presença VIP e modela em campanhas publicitárias. Recentemente Hélika esteve no videoclip “Me pega, me usa” de Eddy e Bruno 

Hélika é fã de música sertaneja, seus filmes favoritos são “A Procura da Felicidade”; “O menino do pijama listrado” e a comédia “Se eu fosse você”. Hélika trabalhava durante semana em uma financeira e modelava nos finais de semana. Atualmente ela divide seu tempo com a universidade de Direito.

“Minha filosofia de vida é viver a vida aproveitando todas as oportunidades que ela me oferece, planejar um futuro, tentar fazer cada dia melhor do que o outro. O destino não é uma questão de sorte, é uma questão de escolha. Não é algo pelo que se espera, mas algo a alcançar”.

 





 




 























"Os Deuses Mortos" Oito Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...