VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Vitória do Brasil: Dilma está Defenestrada

Hoje chegou ao fim o GOLPE que durou 9 (nove) meses, deu amplo direito de defesa a derrubada, passou por três julgamentos, foi referendado pelo Supremo Tribunal, possui fundamentação constitucional, teve apoio popular e manteve no poder a chapa eleita pelo povo no processo democrático.
Por 61 votos contra 20 o Senado defenestrou Dilma Rousseff da presidência do Brasil.
"O rei está morto, vida longa ao rei"! Dilma está fora, Temer será empossado no dia primeiro de Setembro Michel Temer assume como presidente de fato, termos como "interino" e "em exercício" sejam abandonados, mesmo fim da repugnante palavra "presidenta".
Aqueles que gritam "golpe" ou que afirmem não reconhecer Temer como presidente não passam de crianças mimadas, fanáticos que perderam o poder, sim, o poder o único e real interesse do Partido dos Trabalhadores e seus seguidores ser o partido único, instalar uma hegemonia sustentada pelos brasileiros.
Chega ao fim a distopia esquerdista, muito trabalho tem que ser feito, muitas mentiras de petistas frustrados deverão ser suportadas e esclarecidas. Vamos aos votos dos senadores, saiba quem votou pelo projeto do desenvolvimento do Brasil e quem votou pelo projeto de poder do PT.
 

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Cronograma do impeachment

Chegou a hora, começa amanhã o julgamento da afastada Dilma Rousseff. Até o momento câmara e senado julgara a procedência do impeachment.
O que vai acontecer agora? Dilma será defenestrada, não existe dúvidas sobre sua queda, resta apenas saber como o julgamento será feito e quando vai acabar.  Se tudo sair como o previsto estaremos livres dela dia 30. Vamos lá, passo a passo...

Dia 25 Os senadores deverão ouvir a acusação e a defesa. Os dois primeiros dias serão reservados a apresentação de provas a favor e contra Dilma. Nesse período acusação e defesa trarão testemunha.
O ministro Lewandowski, presidente do STF que julgara o impeatchment, aceitou, contrariado que, caso as fase de testemunho não tenha terminado na sexta-feira esse pode se estender até a madrugada de sábado.
Dia 29 Na segunda-feira chegará a Vez de Dilma se defender, caso ela decida comparecer ao senado, caso contrário será lido uma manifestação em seu nome, por um dos advogados. A afastada deu declarações de que pretende comparecer.
Dia 30 Na terça-feira os senadores farão o ultimo debate, a sessão será aberta e transmitida pela televisão, como todo o julgamento, após esse debate ocorrerá a votação - informarei aqui no Blog como votou cada senador - se os debates se prolongarem a votação poderá ocorrer dia 31.
Após o julgamento Dilma será afastada, salvo algum cataclismo, então poderemos gritar em uma só voz: "tchau querida!".
 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Os vampiros no Cinema: Aqueles que chegam com a noite

Não tenho dados oficiais, mas aposto o que quiserem que os vampiros são as criaturas mais exploradas pelo cinema: rivalizando com os zumbis em número, porém muito mais versáteis que os esfomeados decrépitos.
Entre muitas encarnações os chupadores da noite se mostram cruéis, portadores de uma dualidade sensualidade/morte, atormentados por seus desejos, conscientes de sua natureza ou bestas-feras. A imaginação é o limite.
Desde seus primórdios os vampiros são um misto de ameaça, sedução e romantismo clássico, muito diferente deste falso romantismo da saga crepúsculo, Drácula é um romance gótico ondo o romantismo instaura-se no saudosismo e pela aproximação da morte, já Crepúsculo é um conto mórmon sobre qualquer outra coisa menos um vampiro. Vamos combinar: vampiros que não bebem Sangue são Highlanders com dentes grandes.
Até onde sei a primeira história de vampiros a ser publicada foi o conto Carmilla de Sheridan le Fanou sobre uma vampiresa descendente de uma família aristocrata da Alemanhã que ataca mulheres com uma peculiaridade - ao invés de atacar pescoço Carmilla mordiscava os seios de suas vítimas. A moça das trevas foi transposta para o cinema pelo estúdio Hammer entre as décadas de 60-70.
A história do cinema mostra como os vampiros vem sendo retratados a primeira aparição de um vampiro no cinemão foi em Nosferatu de 1922, uma filmagem não autorizada de Drácula o vampiro surge como ser híbrido entre morcego e homem, Nosferato é apresentado com vil porém digno de pena, amaldiçoado por um amor eterno por sua dama morta, agora reencarnada. Apesar de ainda ser assustador o vampiro gera mais pena do que horror.
O conflito de Nosferatu foi explorado em A Sombra do Vampiro ambientado durante as filmagens do filme alemão, onde o vampiro foi interpretado por um vampiro. Decadente, com poucas memórias de seu passado glorioso a criatura, interpretado por Willem Dafoe, é asquerosa assemelha-se a um rato e acaba subjugado pelo diretor – vivido por John Malkovich – que abusa da fragilidade de seu “ator”.
Nosferatu
Em 1931 a Universal lança a primeira versão oficial de Drácula interpretado por Bela Lugosi - o ator Húngaro dá vida a um vampiro assustador, porém estilizado com fraque, capa de ópera e gel no cabelo.  A interpretação de Bela é tão eficiente que ainda assusta nos dias de hoje. Um filme brilhante, por falta de palavra melhor.
Antes de prosseguirmos é necessário que se faça uma correção histórica. Muitos acreditam que Lugosi foi o primeiro a usar a capa, porém a mesma era usada nos teatros para representar a transformação em morcego, por ser uma tradição popular e não escrita fica quase impossível precisar quem e quando usou a capa pela primeira vez.
O Drácula de Lugosi era humano, porém desprovido de sentimentos, uma analogia maniqueista onde ele representa o mal e os humanos o bem, até mesmo pela época não existe o meio termo. Temos outra ideia interessante no subtexto. O mal é sedutor, mas instigante. Todos no filme sentem que tem algo de errado com Drácula, mas não conseguem dizer não.
Porém o melhor interprete de Drácula, ou pelo menos o mais fiel a personagem criada por Stoker foi Christopher Lee - o ator que mais interpretou o vampiro somava ao seu talento o porte aristocrata e o rosto marcante. Lee viveu Drácula mais cruel do cinema gerando a repulsa descrita no livro, ele não é nem um pouco agradavel ou sedutor, mesmo querendo ser, ai temos um distanciamento da obra escrita.
Bela Lugosi
O estúdio Hammer recriou os monstros clássicos no cinema em uma época que Hollywood passava por um vazio criativo. É desta época Carmilla a Vampira de Karstein e Luxúria de Vampiros duas das produções terríficas e sensuais. Enquanto o primeiro filmo lembra muito Dracula com a bela sugadora hospedada em um casarão o segundo possui identidade própria inserindo um drama romântico que ao passo em que se afasta da obra literária prende a atenção do público. Ambos foram lançados em DVD nas bancas de jornais, quem conseguir achar terá dois belos filmes em sua coleção.
Na década de 80 os vampiros tornaram-se pops, trocando os castelos pelas vizinhanças do subúrbio americano; saem donzelas indefesas e viajantes perdidos, entram os adolescentes. É dessa época cult A Hora do Espanto onde um rapaz fanático por filmes de terror da Hammer acredita que seu novo vizinho é um Vampiro após flagra-lo se alimentando de uma prostituta. O vampirão não perdoa começa a ameaça-lo para deixa-lo em paz. O que uma pessoa normal faria? Tentaria conviver com um vampiro sem enlouquecer, o que o rapaz faz? Chama a polícia!
Desacreditado pela polícia, taxado de louco pela namorada e de estranho pela mãe o jovem encontra
A Hora do Espanto
um caçador de vampiros, que nada mais é do que um ator que intrepreta um caçador de vampiros nos filmes que assiste. A Hora do Espanto é uma diversão de primeira que homenageia os filmes de vampiro das décadas de 1960 e 1970 feito para esse público, que explodiu ganhando uma sequência muito boa e um remake horroroso.
Os anos oitenta trouxeram outros títulos menos interessantes, mas bons no geral,  como superestimado "Garotos Perdidos"; o divertido "Vamp" com vampiras stripers e "Inocente Mordida" de John Landis (diretor de Um Lobisomem Americano em Londres) e a gatinha francesa Anne Parillaud (Nikita) como vampireza, embora "Inocente Mordida" seja de 92 ele segue a mesma linha terrir, sobre uma criatura da noite que se alimenta de mafiosos, até transformar um deles por acidente.
Na contramão veio o ótimo Martin de George Romero (mais conhecido por seus filmes de zumbis) aqui rapaz com problemas mentais acredita ser vampiro e mata mulheres por quem sente tesão. O alívio cômico fica por conta do tio com quem Martin mora, que o trata como um vampiro real, o que também é trágico pois impede qualquer melhora do rapaz. Trágico e repleto de analogias sobre o preconceito.   
Em 1990 tentou-se devolver a seriedade aos seres das trevas com o ótimo Drácula de Bram Stoker dirigido por Francis Ford Coppola - embora pouco fiel ao livro está pérola bebe diretamente de Nosferatu ao mostra um vampiro sofredor preso no passado em um presente sem sentido e um futuro sem perspectivas. O verdadeiro romantismo.
Nesta mesma linha temos outra obra de referência
Drácula de Bram Stoker
Entrevista com o Vampiro de Neil Jordan - adaptação do romance de Anne Rice sobre o vampiro Louis atormentado por sua vida eterna. Ao manter sua consciência o vampiro vive entediado e culpado pelas vidas que tira, a maldição que o consome e o relógio parado sua vida a um jornalista. Na mesma linha temos o ótimo sul-coreano "Sede de Sangue" sobre um padre que se oferece como voluntário para tratar uma doença e recebe o Sangue de um vampiro. Dividido entre a consciência cristã e seus instintos o padre sucumbe a paixão por sua cunhada gradativamente vai se afundando no remorso.
Por falar em vampiros atormentados devo citar Miyu - a vampiresa ninfeta, presa eternamente no corpo der uma menina de 13 anos Miyu divide-se entre sentir pena dos humanos (por sua autodestrutividade) e ódio (por seu preconceito) eternamente sozinha ela elabora amizades que tendem a ser exterminada com o tempo.

Independente da época, forma de retratação e mídia o beijo do vampiro continua evocando medo e desejo, a satisfação vampiresca, através da boca, nos lembra de nossos próprios desejos sexuais, por que outro motivo as figuras mais icônicas seriam tão sensuais e erotisadas? Os vampiros são a sombra do humano, eles representam aspectos que desejamos ocultar ou que tememos olhar diretamente, por isso nos fascinamos. Podemos ser sem estar sendo.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Kelly Holliver

Kelly Holliver, ou apenas Holliver, como seus amigos o chamam, é uma loira maravilhosa repleta de curvas e olhar sedutor. A moça surgiu para o público graças ao Brasiliense que inovou ao trazer ensaios de musas para seus torcedores.
Mineirinha de Unaí a moça não dispensa um bom vinho, adora namorar na praia e considera seu rosto a parte mais bonita do corpo – concordo que o rosto dela é lindo, mas tem outras partes que saltam aos olhos, não concordam?

Já decidiram mudar para Minas e torcer pelo Brasiliense? Respondam depois de ver suas fotos.






segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Musa das Olimpíadas

Nenhuma celebração está completa sem que algumas musas se destaquem, as Olimpíadas do Rio não seriam diferentes, selecionei algumas musas para você torcer (ou relembrar) desses jogos olímpicos:


Darya Klishina (Rússia, atletismo)

Jade Barbosa (Brasil, Ginastica)

Joana Heidrich (Suiça, Vôlei de Praia)

Voula Papachristou (Grécia, Atletismo)

Zsuzsanna (Hungria, Natação)


sexta-feira, 12 de agosto de 2016

PT a imagem da decadência e da desesperança

A esperança venceu o medo – frase que celebrou a primeira eleição de Lula à presidência também serve para o processo de impeachment. Descrito como impossível e traumático o processo saiu das ruas e chegou ao senado, a ser votado ainda esse mês, petistas que viam a ideia com escarnio jogaram a toalha. A começar pela afastada Dilma Rousseff.
 Os sinais são muitos, para começar o derretimento da imagem de Lula, outrora maior símbolo do poder petista representa toda sua decadência, isolado o ex-presidente desperta preocupação de amigos próximos. Pré-candidato à presidência da república em 2018 Lula lidera nas intenções de voto no primeiro turno e perde para todos os adversários no segundo turno.
Os números são apenas aparentes, Lula e seus seguidores sabem disso, a classe política vive um desgaste e muitos eleitores estão com raiva o que favorece grupos com seguidores fieis. A rejeição a Lula é ainda maior que antes dele assumir a presidência, dessa vez sem chance de convencer novos eleitores.
Lula vem em campanha presidencial desde ano passado, quando foi levado coercitivamente pela polícia federal e ainda corre o risco de ser preso antes das eleições. O ministro do supremo Teori Zavascki, relator da Lava jato no STF, enviou denúncia contra Lula a justiça de Brasília por obstrução da Justiça que foi aceita poucas semanas atrás.  Apesar de ruim essa é a melhor notícia para Lula cuja denúncia não foi enviada para Sergio Moro, que possui contra o ex-presidente inúmeras delações premiadas.
No final de julho Lula tentou se fortalecer indo ao Nordeste, último reduto eleitoral, seu primeiro ponto de desembarque foi Pernambuco, sua terra natal, lá membros do MST e o vice-prefeito Jorge Gomes (PSB) presenciaram a multidão de oito pessoas (isso mesmo oito, não oitocentos ou oito mil) esperavam pelo ex-presidente, que acabou mudando os planos e seguindo direto ao seu hotel.
O desembarque foi ainda mais melancólico, acompanhado de poucos membros do partido Lula saiu pela porta dos fundos sem cumprimentar nenhum presente, muito diferente de outros tempos onde enfrentava sorridente multidões apaixonadas, seguindo direto para o hotel Lula participou de uma entrevista coletiva um pouco estranha em um pequeno salão fez um discurso sobre o “golpe” e sem responder nenhuma pergunta foi embora. Sua declaração foi transmitida para emissoras locais, muito diferente do horário nobre nacional ao qual estava acostumado.
Em Caruaru Lula viu-se em situação semelhante à da década de noventa, só que muito pior, isolado apenas com apoio da CUT e MST o ex-presidente não tem a esperança de conquistar votos em diferentes classes de eleitores, algo necessário para voltar a presidência da república. A Lava Jato e a decadência da economia afastaram o eleitorado do PT.
Nem o tempo ajudou Lula discursou quarenta minutos para a militância em Recife, porém uma chuva imprevista diluiu a multidão, no começo dos anos 2000 poderia chover fogo que os militantes persistas permaneceriam de pé.
Em outubro de 2013 a rejeição de Lula era de 13% em abril de 2016 chegou a 53% some a isso os primeiros acenos de Temer na presidência da república e o aumento do otimismo da população com a economia que o resultado é péssimo para Lula. Se as medidas de Temer cumprirem a promessa de reestabelecer e recuperar a nação Lula perderá as poucas chances que tem. Afinal ele é responsável direto pela escolha de Dilma para presidência.
O plano B do PT é ainda mais desesperador,
PT sem futuro e sem presente
alguns membros dentro do partido acenam com o nome de Fernando Haddad, atual prefeito de São Paulo, que tem 70% de rejeição e que corre o risco de ficar fora da disputa do segundo turno, algo inédito, se a principal capital do país o rejeita tanto quais suas chances?
O que estava ruim ficou ainda pior. O PT chegou ao poder principalmente por afastar-se da esquerda, primeiro aliando-se ao PRB e depois ao PMDB – a principal legenda do país rompeu com o partido da estrela vermelha e já sinaliza um acordo com o PSDB comprometendo-se a apoiar o candidato tucano incondicionalmente. A primeira reunião entre os dois partidos terminou com um abraço entre Temer e Aécio.
Todo esse frágil planejamento pode ir por água a baixo, recentemente o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes abriu processo para extinção do PT, o sonho de ficarmos livres desse partido está próximo de tornar-se realidade.
Se o futuro é negro o presente não apresenta perspectivas Dilma isolada joga a toalha, o portador das boas notícias foi Renan Calheiros, em jantar com Michel Temer o presidente do Senado revelou as palavras de Dilma sobre o impedimento: “Quero acabar com essa agonia”.  Renan é aquele político que está sempre do lado do poder, hoje o poder está com Temer.  

Dentro do PMDB o sentimento de fatura liquidada é unânime, mesmo o mais fanático dos petistas sabe que alimenta ilusões. Temer vem governando para o país e para se manter no poder, negocia com políticos importantes e recebe empresários dispostos a investir no Brasil. É só uma questão de tempo para nos livrarmos do partido da estrela vermelha. 

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

TOP 10 As Mais Gostosas dos Comics 2

Toda lista é falha, nomes são esquecidos, outros são deixados de fora. Para reparar injustiças fiz uma segunda pista:  TOP 10 As Mais Gostosas dos Comics 2 fiquem com mais dez beldades que faltaram dos quadrinhos, como sempre em ordem alfabética:

Caçadora
Mais do que uma heroína ou vilã, depende muito do momento, a Caçadora é um símbolo que aterroriza criminosos. Achou a premissa familiar? É porque a caçadora pertence ao universo do Batman. A primeira a vestir o manto foi Paula Brooks, como heroína ela chegou a enfrentar alguns nazistas, mas acabou cedendo aos encantos do lado negro transformando-se na Tigresa; a segunda e provavelmente mais famosa é Helena Wayne: em uma dimensão paralela Batman e Mulher Gato tiveram uma filha. Helena foi protagonista da série de TV Birds of Prey;  atualmente quem veste o manto é Helena Bertinelli, última sobrevivente de sua família massacrada pela máfia de Gotham.
Essa última inspirou-se no morcegão para fazer justiça, mas acabou rejeitada por ele. Batman considera seus métodos muito violentos, Bertinelli teve um caso com Asa Noturna e integra as Aves de Rapina.

Caitlin Fairchild
Fruto de experiências genéticas promovida pelo governo americano, o programa gênesis, a transformou numa heroína, antes da transformação Caitlin era uma nerd magricela e atarracada, amante de ciências, após a transformação sua vida virou de cabeça para baixo. Descobriu que seus pais não eram seus pais, mas seus tios. O pai de Caitlin é um ex-agente secreto fugido.
A garota integrou e foi eleita líder do recém criado Gen 13, equipe composta por membros do programa gênesis, sua maturidade e preocupação com os amigos fizeram com que fosse eleita a líder da equipe. Seus poderes envolvem ganho de força, capacidade de voar e massa muscular, ela ficou mais alta e mais forte (e mais gostosa também) no erro chamado Novos 52 a garota tornou-se coadjuvante do Superboy.

Druuna
Criação da revista Heavy Metal Druuna vive em um futuro pós-apocalíptico, onde um vírus transforma seres humanos em mutantes e os piores elementos comandam a sociedade, sem a menor boa vontade ou respeito, para se ter uma ideia o namorado de Druuna fica doente, uma pessoa pode salva-lo, em troca do medicamente Druuna precisa se prostituir e ela o faz!
Sua HQ costuma ter belos traços, no melhor estilo italiano, imagens artísticas, alta dose de erotismo e sexo. A anatomia de Druuna é perfeita. 
                                 
Elektra
Saída diretamente da cabeça de Frank Miller para as páginas do Demolidor, ainda hoje a melhor saga do herói cego, Elektra foi de coadjuvante a protagonista em sua mini série Elektra Assassina. Eternamente entre o bem e o mal nossa musa grega nunca foi boazinha, pelo contrário chegou a ser uma assassina de aluguel pertencente ao tentáculo. Após passar pelas mãos de vários desenhistas, e gerado polêmica, a Marvel se comprometeu a não usa-la sem a autorização de Miller.
Fora dos quadrinhos ela foi vivida por Jennifer Garner em dois filmes e por Élodie Yung na séria Demolidor.

Espectral
Quando Alan Moore criou Watchmen ele queria usar personagens do terceiro escalão da DC, a editora não aceitou e ele foi obrigado a criar suas personagens, nós agradecemos por isso. Espectral é a segunda geração de heroínas em sua família, filha da Espectral original com o Comediante – que estuprou sua mãe e mais tarde tentou estuprar a filha.
Casada com Sr. Manhattan ela não aguenta estar ao lado de um homem sem sentimentos e nem deixar de ser heroína. A garota cede aos encantos do Coruja e segue para salvar o mundo. No universo de Watchmen ela é um símbolo sexual que vive a sombra da mãe.
  
Feiticeira Escarlate
Mais uma personagem complicada que ora é vilã, ora é heroína. Filha de Magneto, um dos mutantes mais poderosos da Marvel, ela possui tanto poder que fica instável, Wanda Maximoff (seu nome real) tem a capacidade de destorcer a realidade. Por anos integrou a Irmandade Mutante, grupo terrorista comandado por seu pai, com o tempo abandonou o grupo fazendo parte dos Vingadores.
No cinema foi interpretada por Elizabeth Olsen em Vingadores 2; já em X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido ela é apenas citada.  

Hera Venenosa
Poucos universos contêm tantas tentações como o de Batman, fica difícil criar uma lista sem enche-la com as garotas de Gotham City. A doutora Pâmela Isley foi envenenada durante um roubo ecológico sofrendo mutações, dentre eles a capacidade de se comunicar e comandar plantas e imunidade a vários venenos. Como consequência tornou-se letal ao contato humano. Ela já enfeitiçou Superman, com quem teve um romance forçado, e se envolveu com a Arlequina (que a troca constantemente pelo Coringa) ao lado da palhacinha e da Mulher Gato Hera integra As Sereias de Gotham.

Mary Jane Watson
Ela não possui superpoderes, nunca salvou o mundo, não tem uma revista própria, mesmo assim é uma das personagens mais conhecidas e queridas da Marvel. Mary Jane tornou-se a namorada mais famosa do Aranha, e pensar que no começo o rapaz não queria saber dela – a tia May deu uma de cupido (agradeça cabeça de teia).
Mulher moderna e de personalidade forte Mary Jane é modelo e atriz, chegou a casar com Peter Parker, se separar, ser morta, voltar a vida, engravidar e abortar (graças ao Duende Verde em uma das melhores sagas do aracnídeo) 

Supergril
Eis uma garota azarada Kara-El era uma adolescente que vivia alegremente em seu planeta natal, curtindo a ideia de se tornar prima de Karl-El, ainda não nascido, quando as previsões de seu tio mostraram-se verdadeiras. Em pouco tempo Krypton entrou em ebulição ela foi enviada a terra com a missão de cuidar de seu primo, porém sua nave ficou presa em bifurcações no tempo e espaço acabando por aterrissar na Terra quase trinta anos depois.
Com os mesmos poderes de seu primo, mas sem o treinamento e a experiência Kara é atrapalhada como qualquer adolescente, seus salvamentos costumam terminar em destruição, por algum tempo ela integrou os Titãs (a pedido de seu primo) e tem uma revista solo publicada.

X 23
Fruto do programa Arma X a garota nasceu artificialmente a partir do genoma de Wolverine, foi treinada para ser a arma de matar perfeita, mais rápida, com os mesmos poderes generativos X 23 possui esqueleto de adamantium. Inicialmente ela deveria matar Logan, esse sentiu pena da garota a ajudando, com o tempo ela seguiu os passos de seu doador genético integrando os heróis da Marvel chegando a fazer parte dos X-Men.
Uma curiosidade X 23 foi criada na animação X-Men Evolution, sendo integrada ao universo dos quadrinhos.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Nos Bastidores de Esquadrão Suicida


A longa espera chega ao fim, Esquadrão Suicida, o filme mais esperado do ano, finalmente chega aos cinemas. O que começou como uma produção menor do mundo dos heróis desbancou X-Men, Batman Vs Superman e Capitão América: Guerra Civil em expectativa.
O Coringa de Jared Leto está mais macabro do que nunca, em seu twitter o ator divulgou um vídeo dizendo que sua personagem não quer matar, mas apenas machucar, muito. Leto é um ator do método, o que significa que ele vive a personagem 24 horas por dia, é como se o Coringa tivesse gravado vídeo.
Dentro do setting de filmagens Leto exigia ser chamada de “Senhor C.”, vivia fazendo piadas, deu um rato de presente para Margot Robbie (a interprete da Arlequina), até seus amigos íntimos estavam ficando com medo dele.
Outra atração do filme será a presença de Batman (Bem Affleck), que segundo o diretor David Ayer o cavaleiro das trevas será mostrado pelo ponto de vista dos vilões, algo inédito nos cinemas: “Todos os filmes do Batman foram pelo ponto de vista do Batman. Ele é bonzinho. Ele é o herói de seu próprio filme em todos os filmes que já vimos. Se você olhar para o que o Bruce Wayne fez, ele criou uma persona do Batman, uma ideia para aterrorizar inimigos. É como uma ameaça psicológica contra criminosos. Como um fantasma que aparece de noite, ataca e arranca os criminosos da sociedade. Pela primeira vez veremos o Batman pelo ponto de vista dos criminosos e como ele é totalmente assustador”.
O que ninguém poderia prever aconteceu: Btman e Coringa foram subjugados pela Arlequina, a loirinha psicótica chamou todas as atenções. O filme irá apresenta-la ao grande público e contar sua origem, como psiquiatra, que apaixona-se pelo palhaço: “Ela é incrivelmente devotada ao Coringa. Eles tem um relacionamento disfuncional, mas ela o ama mesmo assim” explicou Robbie.
Muito do sucesso deve-se a Margot Robbie, um dos maiores talentos a serem revelados nos últimos tempos em Hollywood, a atriz transmite toda a loucura e sensualidade de sua personagem pelo olhar.
Arlequina virou febre, tanto que a DC Comics começou a publicar série solo,  enquanto que a Warner já planeja um filme solo com ela, novamente interpretada por Margot, ainda está cedo, mas é quase certa a participação de Batgril – o filme seria voltada nas personagens femininas da DC e pode contar com As Aves de Rapina. Imaginem essa Arlequina enfrentando a Caçadora!
Segundo o site Omelete Margot é a grande entusiasta do projeto, inclusive ela seria a responsável pela contratação de uma roteirista de seu agrado (cujo nome não foi revelado) e está ansiosa para ver seu nome ligado a uma franquia, ou duas, já que pode estrelar nos filmes do Esquadrão e da Arlequina e ainda dar pitaco nos filmes do Batman e de outros heróis da DC.

Com tudo isso o que você está esperando para ir assistir Esquadrão Suicida nos cinemas?

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Rika Aiuchi

Natural de Tóquio Rika usa e abusa de seus atributos de nascença (os maravilhosos seios) para alçar a fama, o que a projetou para além dos limites nipônicos. Uma das principais atrizes do pornô japonês no passado recente, atualmente aposentada após três anos de trabalho duro, ela virou uma das modelos fotográficas mais requisitadas. Suas mais de trinta cenas são facilmente encontradas na internet.
Suas performances destacavam-se pela naturalidade e pela diversão em cena. Claramente uma garota que gosta do que faz (ou fazia) – sorte dela e nossa. Absolutamente linda, seu rosto com traços delicados e inocentes contrasta com os grandes seios e corpo voluptuoso.

Tamanha beleza não poderia ficar oculta por muito tempo, atualmente essa japinha linda faz sucesso na Europa e América, sendo conhecida no Brasil também, idolatrada por homens de bom gosto. Delicie-se em suas curvas com o ensaio desse mês.












 Perfil
Altura: 156 cm
Busto: 103 cm
Cintura: 63 cm
Quadril: 74 cm


"Os Deuses Mortos" Oito Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...