Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Shimoneta

No futuro todo e qualquer conteúdo sexual foi proibido, as pessoas são obrigadas a usarem duas pulseiras e um colar que monitoram o ritmo cardíaco, movimento do corpo e linguagem a fim do governo manter a moral pública. A pornografia foi banida junto a qualquer tipo de material erótico, o resultado? A nova geração japonesa é composta por virgens abobados.
Nesse pesadelo moral (mais ou menos no que os politicamente corretos querem transformar o Brasil) surge a Nuvem Azul, uma terrorista dedicada a difundir piadas de duplo sentido e o desejo sexual nas pessoas, o que poucos sabem é que Neve Azul é apenas uma garota comum que enxerga como tal censura é antinatural e nociva.
Shimoneta é um Ecchi com história - para quem não sabe ecchis são animes voltados ao erotismo, em
Nuvem Azul
geral os episódios são desculpas para as personagens voluptuosas tirarem a roupa, eventualmente surge um ecchi com enredo, que tenta passar algo mais além de peitos (não estou reclamando) é o caso de Shimoneta, onde o explícito quase nunca aparece, ficando na sugestão enquanto realiza críticas mordazes e necessárias, tudo regado a muito humor. 

Se fizeram um anime sobre o tema da censura é porque esse não é um problema exclusivo do Brasil, se aqui temos os politicamente corretos querendo nos dizer o que podemos pensar e podemos querer o Japão passa por algo parecido, uma recente onda de moralismo e conteúdo familiar assola o país do sol nascente.


Personagens e Enredo

Nosso protagonista é Tanukichi Okuma, filho de um militante favorável a piadas sujas, seu pai foi preso pelo governo e ele hostilizado desde a pré-escola. Sim as crianças japonesas faziam bullying com ele por seu pai ter a boca suja.
Nem tudo na vida de Tanukichi era um pesadelo, uma garota o ajudava, Anna Nishikinomiya, filha da política idealizadora do código da moralidade. Nosso protagonista cresce apaixonado por sua salvadora e
Anna Nishikinomiya
uma vez no colegial se esforça para entrar no mesmo colégio que ela.

Anna é uma jovem política, por assim dizer, presidente do conselho estudantil ela leva a frente as ideias de sua mãe, dona de uma moral inigualável e uma bondade sem igual ela também é pura e inocente, sendo incapaz de reconhecer qualquer brincadeira ou imagem de duplo sentido.
A ultima, porém não menos importante personagem
Ayame Koujou
é Ayame Koujou, vice presidente do conselho estudantil, rígida e severaou é o que parece, essa casca dura existe para esconder sua identidade secreta ela é a Neve Azul (isso não é um spoiler, é dito nos primeiros minutos do anime). Seu pai lutou contra as leis da moralidade pública e passou seus conhecimentos a filha.

Koujou dedica sua vida a "poluir a mente dos jovens japoneses" é ela quem explica os malefícios da lei, onde pessoas não sabem diferenciar luxúria de amor, nem percebem quando gostam de alguém ou ficam excitados, por isso ela fundou a SOX (um trocadalho do carilho) grupo terrorista dedicado a lutarcontra o moralismo.


SOX e Recalque

Koujou tem métodos pouco ortodoxos para começar ela corre por ai pelada enrolada em uma toalha com uma calcinha na cabeça distribuindo fotos de mulheres de biquini!
Seus planos envolvem a distribuição de pornografia, brinquedos sexuais, simulação de sexo e qualquer coisa que possa estimular a nova geração a ter
pensamentos obscenos, mas por que?
Se estamos em um mundo onde qualquer conteúdo sexual é proibido o que as pessoas fazem quando elas se apaixonam? Como lidar com alguma coisa que você não sabe o que é e não pode falar a respeito? Nascem os stalkers.
Anna, por ser linda e popular começa a sofrer com perseguições, alguém está enviando fotografias dela para a própria Anna, o recado é "estou seguindo você", esse tipo de situação revela-se comum e é uma das críticas do anime.
O Japão passa por uma crisa, os jovens não se relacionam, a maioria permanece virgem por não ter coragem de abordar o sexo oposto. A política japonesa tenta resolver a situação reprimindo os conteúdos sexuais. O Japão possui muitos casos de stalkers e estupros justamente pelo rigor e severidade de sua moral, é o que Shimoneta critica.
(A partir daqui terei que colocar alguns spoilers, porém serei o mais cuidadoso possível para não estragar a diversão de todos, se você ainda não viu Shimoneta pule para "Vale a Pena Ver Shimoneta" e depois de assistir ao anime volte aqui e leia a análise da série).
Em determinado momento Anna fica fascinada por
Tanukichi (não vou dizer porque) e entra em desespero, a moça não sabe o que sente (tesão) ela fica quente e molhada quando pensa nele e começa a fazer algumas coisas questionáveis:
Anna coloca sua lubrificação vaginal na comida de Tanukichi, invade sua casa a noite, ameaça matar quem se aproximas dele, entra em desespero só em ouvir fala em erotismo, passa a roubar e cheirar as cuecas do rapaz e como resultado torna-se cada vez mais severa.
Freud já dizia por trás de todo moralista existe um pervertido, respondam rápido qual a melhor forma de pensar em sexo vinte e quatro horas por dia? Vendo sexo em todos os lugares. Pois é Anna é uma recalcada.
O recalque é o ato de reprimir algum tipo de desejo de forma inconsciente, esse desejo não some, fica impedido de se manifestar as claras saindo em pequenas parcelas. Todos nós somos recalcados, o que muda é o grau. 
No caso de Anna o efeito do recalque é sua violência - ela ameaça matar seu amado sempre que o vê perto de outra garota.
Koujou também tem seu recalque, a terrorista dedicada a espalhar a pornografia pelo mundo nunca presenciou um corpo masculino nu e quando vê Tanukichi fazer algo pervertido ela fica vermelha ou irritada.

O recalque de Tanukichi é mais clássico ele é apaixonado por Anna, que praticamente se joga encima dela, então por que o rapaz não leva a perva para um canto e dá uma surra de pinto nela? Anna acalmaria e ele seria mais feliz. Porque Tanukichi não quer macular sua amada virginal, como se o rapaz precisasse da pureza de Anna para "limpar" seu lado pervertido, sem se dar conta ele começa a se apaixonar por Koujou que expressa livremente o que sente. Nesse momento ele começa a trocar uma ideia por uma pessoa.


Vale a pena ver Shimoneta?

Se depois de tudo isso você ainda está em dúvida eu vou dizer claramente vale a pena assistir Shimoneta! Um ecci extremamente divertido graças a suas situações inusitadas e claro manifesto.
O anime foge de alguns clichês e defende o erotismo sem ser explícito, dá para contar nos dedos a quantidade de cenas explicitas apresentadas, deixando tudo para a imaginação, o que é muito mais picante. As cenas da Anna descontrolada são melhores do que todos os ecchis da ultima temporada, sem ela sequer tirar a roupa.
Existem outras personagens que ajudam na trama como Otome, uma pintora prodígio apaixonada por Anna que descobre os prazeres do erotismo e aprende a desenhar com a boca - lembram das pulseiras? Se ela desenhar cenas impróprias o governo fica sabendo; outro destaque é Hyouka Fuwa uma cientista maluca que percebe que o sexo está relacionado a reprodução, mas não consegue juntar as pontas, para isso ela estuda insetos.
A maioria das piadas envolve Koujou e sua boca suja, seu pai desenvolveu um aparelho capaz de bloquear o sinal de sua gargantilha por cinco minutos, tempo que a moça usa para fazer trocadalhos do carilho, gritar palavras proibidas e simular sexo com tudo que encontra desde tampas de caneta até bolinhos.
Mas quem rouba a cena é a Anna descontrolada a moça sobe pelas paredes fazendo caras e bocas.
Shimoneta é um anime de 12 episódios, baseado em um mangá de 4 volumes e um ligth novel de 11 volumes e VIVA A PUTARIA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...